sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Justiça decreta prisão de agressor de mulher achada em tubulação


Justiça decreta prisão de agressor de mulher achada em tubulação

21/11/2008 - 21h31 ( - G1)
A Justiça decretou a prisão temporária do acusado de agredir uma jovem de 18 anos, em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo. O homem de 40 anos já cumpriu pena por três roubos cometidos na região de Santo Amaro, na Zona Sul de São Paulo.

Ele foi reconhecido pela vítima e, segundo a polícia, morava em um dos cômodos da fábrica desativada onde ocorreu o crime. A prisão é por 30 dias e o homem foi indiciado por estupro, tentativa de homicídio e extorsão mediante seqüestro, porque ele vinha fazendo ameaças e pedindo resgate, por telefone, à família da vítima.

A jovem continua internada no hospital regional de Ferraz de Vasconcelos sem previsão de alta. Ela ficou quase dois dias presa dentro de um buraco  depois de desaparecer na terça-feira (18). De acordo com os bombeiros que a resgataram, a garota foi encontrada dentro da tubulação de esgoto de uma fábrica abandonada e estava com as mãos amarradas.

Uma equipe dos bombeiros e uma do Samu participaram do resgate realizado por volta das 11h50, no Jardim Angelina. A Polícia Militar informou que, apesar de agressões, ela estava consciente e aparentava estar bem quando foi resgatada.

Gritos

Os bombeiros afirmam que ela  foi localizada por uma senhora que passava pelo local. Segundo os bombeiros, ela ouviu os gritos da mulher que pedia por socorro e acionou a corporação.

Um policial militar que participou do resgate informou que a jovem relatou ter sido abordada por um homem que aparentava entre 40 e 45 anos. Ela foi levada para o local, onde foi agredida.

De acordo com o policial, ela disse não ter sido vítima de agressão sexual. Entretanto, ela apresentava hematomas em diversas partes do corpo por causa de agressões sofridas no período. Por volta das 16h30, o caso era registrado na Delegacia de Ferraz de Vasconcelos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se livre para deixar um comentário ... Aguarde, seu comentário poderá levar alguns minutos para ser exibido.