quinta-feira, 3 de maio de 2012

Naturismo. As dez melhores praias oficiais de nudismo no Brasil


Naturismo. As dez melhores praias oficiais de nudismo no Brasil

Deus e nudez?

A pessoa esclarecida sabe que na natureza Deus não criou mentes más, e nem criou organismos maus. O corpo humano nu é simplesmente carne, qualquer obscenidade no corpo natural é inteiramente na mente do espectador. pessoas esclarecidas não se envergonham ou ficam chocados com o corpo humano nu. É a dignidade da natureza.

A nudez sempre foi algo comum na maior parte das culturas antigas.Por exemplo, na Grécia era comum praticar esportes sem nenhuma vestimenta.Em Roma, em banhos públicos eram comum ver homens e mulheres banhando-se juntos, pois o sentido de pudor ainda não tinha sido disseminado na sociedade, tudo era feito muito natural.

A prática do nudismo teve início no século 20, em um bairro de Berlim na Alemanha, quando o professor Adolf Koch , na intenção de melhorar a saúde de seus alunos aproveitando o máximo de ar puro, começou a fazer exercícios ao ar livre sem roupas.Notando que as crianças ficavam mais coradas e saudáveis seus pais também começaram a praticar os exercícios nús.Para melhorar o aproveitamento do ar puro, faziam os exercícios sem as roupas.Iniciando um movimento chamado FKK – Frei Körper Kultur, que traduzido quer dizer Culto do Corpo Livre.Foi em 1906 que surgiu na Alemanha o primeiro campo oficial para a prática de nudismo, além de completa nudez a preocupação com a alimentação saudável, baseada no vegetarianismo, era um quesito primordial.

Relaxar saudavelmente sem conotação sexual é a proposta do nudismo, que para os mais desinibidos é visto como uma filosofia de vida.No Brasil estima-se mais de 400 mil adeptos ao naturalismo e frequentadores das praias de nudismo, sendo que 30 mil pessoas são estão ligadas a Federação Brasileira de Naturismo.

Existem praias de todos os tipos e para todos os gostos, algumas frequentadas por casais e familias inteiras e outras com algumas restrições tipo: “Homens solteiros não entram”.

Os apreciadores do nudismo estão ganhando cada vez mais espaços inusitados, fiquei de bocaberta quando descobri que já existem vários lugares espalhados pelo mundo, como bares, restaurantes, supermercados, academia de ginástica e até lanhouses, destinados ao público que gosta de viver livre leve e solto naturalmente peladão:P

E você vai encarar essa ? Eu particularmente, não consigo me imaginar andando peladona abraçada com meu amor, curtindo um solzinho na bunda com um monte de gente sem roupa,desfrutando o mesmo espaço.Talvez seja falta de costume, timidez, mas ainda não estou praparada para esse tipo de atividade:)

Bom, para os mais desinibidos e interessados em conhecer algumas das dez melhores praias de nudismo do Brasil aqui está a lista:

Pedras Altas, em Santa Catarina, reserva lugares incríveis para os naturalistas


Tambaba – PB 30 km da capital da Paraíba, João Pessoa, Tambaba foi a primeira praia do Nordeste liberada para o nudismo. Protegida por árvores de grande porte e falésias, tem mar calmo e formações rochosas com piscinas naturais. Os nativos já freqüentam as areias de Tambaba sem roupa há muito tempo, mas o naturismo só foi oficializado em 1989. A praia é exclusiva para famílias e casais.• Acesso: Pela Rodovia PB-08. De João Pessoa são aproximadamente 30 km de estrada asfaltada.
• Infra-estrutura: Há pequenas pousadas rústicas. Numa delas, dentro da área naturista, os hóspedes pelados circulam numa boa.
• Informações: PBtur: tel. (83) 226-7078, ou no site www.tambaba.com.br


Massarandupió – BA

Na Linha Verde, a 93 km de Salvador, Massarandupió é a mais nova área liberada para os peladões. Foi criada pela prefeitura para absorver os hóspedes naturistas do Resort Costa do Sauípe, na praia vizinha. O cenário, selvagem, é de mar limpo, ondas fortes e dunas amareladas. A área reservada aos nudistas está a 20 minutos de caminhada da entrada da praia e tem as mesmas regras de Tambaba. Homem não entra sozinho, roupa de banho, nem pensar, e olhar para a mulherada… só se for de rabo de olho. Na baixa temporada, entretanto, basta tirar o calção e curtir: a praia fica completamente deserta.

• Acesso: Pelo km 75 da Linha Verde, sentido Salvador Aracaju, mais 7 km de estrada de terra.
• Infra-estrutura: A praia é quase deserta, mas há um quiosque e um local para camping na área de nudismo.
• Informações: Abanat (Associação Baiana de Naturismo): tel. (71) 231-3472/230-3288, ou no site www.naturismo.hpg.com.br

Barra Seca – ES

É a única praia de naturismo do Espírito Santo. Fica no município de Linhares (litoral norte do estado), a 142 km de Vitória. Por estar dentro de uma ilha, a praia garante aos nudistas muita privacidade. É preciso estacionar o carro na outra margem do Rio Ipiranga e atravessar em barcos ou canoas da associação de naturistas local. Tem 2 km de areia reservados para a prática do naturismo, com áreas delimitadas para homens desacompanhados.


• Acesso: Pela BR-101 até Pontal do Ipiranga, onde se estaciona o carro com relativa segurança antes de atravessar o rio para Barra Seca.
• Infra-estrutura: Pequena (só funciona no verão). Na Praia de Urussuquara, a 1 km de Barra Seca, há pousada e área para camping.
• Informações: NATMG (Associação dos Naturistas de Minas Gerais): tel. (27) 3227-5470, ou no site www.natmg.org.br


Olho de Boi – RJ
Quem for só na tentativa de espiar uma sósia de Brigitte Bardot nua pode se dar mal: a praia é mais freqüentada por gays do que por mulheres bonitas. Como toda a costa de Búzios, a Olho de Boi é pequena, discreta e charmosa. A faixa de 100 metros de areia fica protegida entre costões rochosos e tem mar limpo e calmo, com muitas pedras no fundo. No extremo esquerdo, conhecido como “paredão”, a água, ao bater na parede, cai em forma de cascata. Um luxo. Agora, se você for sedentário, um conselho: não vá. O acesso é difícil, não pela extensão (a trilha tem menos de 1 km), mas pela pirambeira considerável.

• Acesso: A trilha para a Olho de Boi começa na ponta direita da Praia Brava.
• Infra-estrutura: Nenhuma. A praia é 100% selvagem.
• Informações: Situr: tel. (24) 623-2099

Praia do Pinho – SC
Os freqüentadores da Praia do Pinho, no Balneário Camboriú, foram os pioneiros a conseguir o.k. oficial para tirar a roupa, em 1988. Tem duas praias: uma maior, com 400 metros, para casais, e outra com 100 metros, para desacompanhados. Montanhas escarpadas cercam a região, garantindo a privacidade dos nudistas que circulam pela pousada, restaurantes e campings. O clima, acredite, é tão familiar que você vai se sentir em qualquer outro destino tradicional de férias no verão. Ou quase.

• Acesso: Pela BR-101, entre o Balneário Camboriú e Itapema, ou pela Praia de Laranjeiras.
• Infra-estrutura: Total. Boas pousadas, restaurantes e área de estacionamento.
• Informações: AAPP (Associação Amigos da Praia do Pinho): tel. (47) 9983-7536, ou no site www.braznet.com.br/~pinho

Galheta – SC
Freqüentada desde a década de 70 por nudistas, o Parque Municipal da Galheta fica entre duas praias movimentadas de Floripa: a Barra da Lagoa e a Mole. A pequena trilha (300 metros, a partir da Praia Mole), o morro que a separa da estrada e a falta de estrutura fazem com que a praia mantenha-se selvagem e isolada. Ruim para quem gosta de ficar com os chinelinhos pro ar, ótima para quem gosta de ficar peladão na natureza: pequenas duchas de água doce, mar de água cristalina, areia branca e fina, pedras emolduradas por montanhas com arbustos, orquídeas e bromélias. Como muitos pontos da ilha catarinense, o lugar também tem ondas boas para surfe. E uma incrível concentração de mulheres bonitas.

• Acesso: Trilha a partir da Praia Mole, 16 km ao sul do Centro de Florianópolis. • Infra-estrutura: Nenhuma.
• Informações: Associação dos Amigos da Galheta: tel. (48) 691-8015

Pedras Altas – SC
Em Palhoça, a 30 km de Florianópolis, a bonita praia de Pedras Altas é cercada por formações rochosas, que isolam a área para você ficar peladão numa boa. O mar é tranqüilo, ideal para crianças e são elas, com seus papais e mamães, que mais freqüentam a área, especialmente o lado da praia reservado a casais e famílias. O código de ética é fiscalizado pelo Clube Naturista local. Para quem está lá só para curtir, o lugar certo está do outro lado da praia. Lá é tudo liberado, inclusive homens e mulheres solteiríssimos.

• Acesso: Há placas indicativas na BR-101.
• Infra-estrutura: Os dois lados da praia oferecem bar e restaurante. No lado naturista há uma pousada bem simples, área de camping e estacionamento.
• Informações: Clube Naturista Pedras Altas: tel. (48) 9967-7028/9901-6769, ou no site www.naturis.com.br

Pedra Grande – BA

É uma praia de nudismo clandestina a área foi loteada e os proprietários colocaram placas proibindo peladões na praia , mas todo mundo vai. O point não é uma extensão natural da Praia dos Coqueiros, a mais freqüentada de Trancoso. Para chegar à área naturista, é só caminhar 20 minutos para o sul, em direção a Caraíva, por trechos de areia fina e dourada, com paradas para banho no mar esverdeado (sacrifício, não?). As freqüentadoras são tão alto-astral quanto a paisagem: meninas malhadas e descoladas, que adoram música eletrônica e costumam desfilar de topless desde o último bar da Praia dos Coqueiros até a área de nudismo.

• Acesso: Trancoso fica a 25 km de Porto Seguro.
• Infra-estrutura: Na Pedra Grande, nenhuma. Mas Trancoso é lotada de bares, restaurantes e pousadas de primeira.

Praia da Figueira – RJ

O nudismo aqui também não é oficial, mas a praia é tão famosa entre os adeptos que seu apelido é Praia dos Pelados. Aqui ninguém pretende seguir a filosofia e as regras naturistas. Traduzindo: dá para ir desacompanhado ou levar a namorada para rolar aquele clima, que absolutamente ninguém vai te incomodar. Essa liberdade total faz com que muita gente leve tudo na sacanagem. Resultado: muitas gatinhas acabaram desistindo de tomar sol peladas por lá. Mas é divertido pelo menos para quem quer conhecer o famoso reduto dos alternativos de Trindade. Se não gostar do clima, é só seguir pela mesma trilha para tomar sol (com roupas de banho) nas tranqüilas piscinas naturais da Praia do Cachadaço.

• Acesso: Pelo km 268 da Rio Santos, a 30 km de Parati, depois da Praia do Meio.
• Infra-estrutura: Tá brincando? Em Trindade? Só se for uma barraca, um violão…

A maioria dos países no mundo têm agora oficialmente designado praias de nudismo - com algumas exceções significativas. Gradualmente, porém, a opinião pública está mudando, e estilos de vida naturistas são cada vez mais visto como saudáveis e normais.

Haverá sempre pessoas para quem a nudez é desconfortável, mesmo um pecado. Toda pessoa tem direito à sua opinião. Os naturistas não estão tentando fazer com que todos adotem o não uso de roupa um estilo de vida opcional. É uma decisão individual. Os benefícios, entretanto, são bem reais. Então o que você está esperando?

Praia do Abricó – RJ
A Praia de Abricó sem dúvida é um paraíso de águas cristalinas, cercada por montanhas e vegetação tropical, sendo uma área de proteção ambiental dentro da reserva biológica do Parque de Grumari.

Por sua exuberância e beleza natural, por ser cercada por montanhas e por sua proximidade com o centro urbano a Praia de Abricó é o ponto ideal para a prática do naturismo no Rio de Janeiro. Apesar dos meios de transportes coletivos deixarem seus passageiros a cerca de 5 km da praia, existe uma estrada asfaltada que possibilita o acesso até bem próximo à praia.

Nos links abaixo você pode conhecer sites especiais para o pessoal que admira a prática de ficar pelado ou queira saber mais sobre nudismo.


Brasil Naturista
Wikipedia
* imagens des praias nudistas


Publicado originalmente no Blog Deolhos
Fonte de pesquisa: Guia Quatro Rodas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se livre para deixar um comentário ... Aguarde, seu comentário poderá levar alguns minutos para ser exibido.