quarta-feira, 26 de junho de 2013

Michael Douglas diz que sexo oral causou câncer em sua garganta

Nada de álcool ou cigarro. O que causou o câncer de garganta de Michael Douglas foi o sexo oral. Em uma atitude corajosa, o ator norte americano afirmou ao jornal britânico “The Guardian” que foi deste modo que ele pegou a doença e não por conta do abuso de bebida ou do tabagismo.

“Sem ser muito específico, esse câncer, em particular, é causado pelo HPV (Papilomavírus humano), que vem do ato do sexo oral feito em mulheres”, falou o marido de Catherine Zeta-Jones.

O ator, de 68 anos, garantiu que está bem e que pode se considerar um vitorioso. Venceu a doença, apesar de ter que se submeter a exames de rotina a cada seis meses.

Segundo ele, “nesse tipo de câncer, em 95% dos casos a doença não volta”.
A vida do astro não foi fácil nos últimos tempos por conta da moléstia. Foram dois meses de quimioterapia e radioterapia, que o fragilizaram fisicamente, inclusive fazendo com que ele perdesse dez quilos na época.

Para quem não se lembra, Michael Douglas foi internado em uma clínica de reabilitação para curar seu vício em sexo.

Os problemas com o erotismo em excesso parecem ter ficado para trás. Recentemente, Michael Douglas promoveu o filme “Behind The Candelabra”, no qual interpreta o pianista americano Liberace, ao lado do ator Matt Damon, que dá vida a Scott Thorson, o amante do famoso músico.

Fonte: xonei.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se livre para deixar um comentário ... Aguarde, seu comentário poderá levar alguns minutos para ser exibido.