Mostrando postagens com marcador sexual. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador sexual. Mostrar todas as postagens

domingo, 20 de maio de 2012

Tamanho do pênis e potência sexual


Tamanho do pênis e potência sexual

Nem todas as suas crenças sobre sexualidade masculina estavam certas. Muitos mitos e crendices são criados em torno do símbolo sexual por excelência, o falo. Que tal desvendá-los?

Mito e sofrimento

Mitos são crenças compartilhadas pelos membros de uma sociedade. Em geral, têm um pouco de verdade e um pouco de mentira. Mas o que sabemos com certeza é que podem influenciar a sua felicidade quando você não sabe distinguir a diferença. O terreno sexual é um dos mais férteis nesse tipo de invenção popular. O sexo tem um imenso poder de atração, porque soma o mistério, a magia da perpetuação da vida, as partes mais ocultas do corpo e os momentos de maior intimidade e máximo prazer. Mas cuidado: apegar-se às crenças sem buscar a verdade pode fazer você sofrer intensamente. Se a imagem da sua masculinidade estiver ameaçada por um desses mitos sexuais, você tem problemas.

A grande mentira

O pênis, símbolo da sexualidade masculina, é o alvo perfeito para os mitos mais antigos e cruéis. A questão do tamanho é um dos mitos que mais provocam sofrimento aos homens que não cumprem uma "grande" expectativa. Mas, qual é a importância do tamanho do pênis para o sucesso da relação sexual? Na verdade, a importância é relativa. Muitas mulheres afirmam ter tido seus orgasmos mais explosivos com homens discretamente "dotados". Algumas consideram importante o tamanho do membro de seu parceiro, outras dão importância a outros detalhes. Quais? Principalmente a atenção que o homem dá ao estímulo sexual das zonas mais erógenas do corpo feminino, em especial o clitóris.

Tamanho não equivale a potência

Este é outro erro que parece instalar-se na mentalidade de muitos homens. Um pênis de tamanho grande nem sempre tem um ótimo desempenho sexual. A potência ou capacidade de manter ereções firmes e prolongadas não é um atributo próprio dos homens mais dotados em relação ao tamanho. Essa potência depende de muitos fatores. Especialmente, da capacidade de manter a excitação no nível mental. Para tanto, é necessária a atenção completa e permanente à relação, sem a interferência de idéias que criem conflitos. Mas cuidado: a "obrigação" do homem de estar sempre disposto a manter uma relação sexual também é um mito que precisa ser descartado.

Fonte: discoverybrasil.com

terça-feira, 8 de maio de 2012

Compulsão sexual: inibição a busca tratamento


Os homens são maiores vítimas do mal, que acomete o galã David Duchovny

Imagine que você é um cara boa pinta e faz sucesso no mundo todo ao interpretar um personagem fanático por sexo. Com as mulheres caindo aos seus pés, as noites de farra repetem-se na rotina. Difícil ver um problema aí? Pois o ator David Duchovny, que é protagonista do seriado Californication e ficou famoso no elenco de Arquivo X, acaba de mostrar ao mundo que a festa pode não ser assim tão agradável: ele assumiu ser vítima de compulsão sexual.

Casado há dez anos e com dois filhos, David Duchovny buscou uma clínica para viciados em sexo para se internar (uma atitude que parece bem distante do comportamento adotado por seu personagem atual, um garanhão convicto). Para ser considerado um transtorno mental, o sexólatra precisa apresentar sintomas como o sofrimento mental, além de identificar perdas financeiras e nas relações familiares, ambas relacionadas ao vício , afirma a psicóloga Elenice Castelli, especialista em saúde sexual da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo.
Na prática, os especialistas identificam que há um problema que demanda tratamento quando o paciente transforma o sexo como recompensa para suas atividades do dia-a-dia. Ele permanece insaciável e precisa do prazer sexual impulsivamente, sem se preocupar com as conseqüências éticas, morais e legais do seu desejo , afirma a psicóloga. O mal encaixa-se na lista dos Transtornos Obsessivos Compulsivos, segundo o entendimento mais recente dos pesquisadores.




E não pense que só os adultos são as vítimas. Segundo a especialista, a partir dos três anos de idade, já é possível encontrar casos de compulsão. Isso acontece nas crianças que se masturbam demais, causando constrangimento aos pais. Nos casos infantis, entretanto, o diagnóstico é mais complicado, afinal a criança ainda não tem noção das atitudes que podem ou não ser realizadas publicamente. Ao sinal de qualquer desconfiança, a melhor saída é procurar aconselhamento psicológico com um profissional voltado ao trabalho com crianças.

Entre os adultos, por sua vez, os homens destacam-se como as maiores vítimas da compulsão por sexo. Pesquisas feitas com base em tomografias computadorizadas do cérebro masculino e feminino indicam que a atividade sexual entre os homens é mais intensa, portanto a incidência de distúrbios nessa área tende a ser maior entre eles do que entre as mulheres , afirma a psicóloga.

Mas a virilidade masculina costuma mascarar o problema, constrangendo muitos homens que até desejariam se livrar do problema. Quando o sexo começa a trazer prejuízos para sua qualidade de vida, é sinal de que algo anda mal. Vale ressaltar também que o paciente compulsivo costuma dar várias explicações para seu comportamento assanhado, principalmente numa cultura, como a nossa, que glorifica a performance sexual do homem .

O tratamento combina a prescrição de medicamentos (geralmente, para diminuir a ansiedade) e terapia, necessitando do acompanhamento conjunto de psiquiatra e psicólogo. E adiar a busca de ajuda só tende a piorar a situação: de acordo com Elenice Castelli, existe uma correlação alta entre comportamento sexual compulsivo e parafilias, ou seja, fantasias sexualmente excitantes, com desejos fortes ou ainda comportamento sexual patológico, envolvendo crianças (pedofilia), animais (zoofilia) cadáveres (necrofilia) e fezes (coprofilia).Em geral os transtornos obsessivos compulsivos alcançam a cura com o tratamento adequado

Fonte: http://msn.minhavida.com.br


quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Tráfico sexual humano: a moderna escravidão que não foi abolida


Tráfico sexual humano: a moderna escravidão que não foi abolida

Raptadas e escravizadas para prostituição e pornografia...
Dezenas de milhares de meninas e moças, especialmente da Europa Oriental e até mesmo da Rússia, são ludibriadas por ofertas de empregos na Europa Ocidental e EUA, onde acabam sendo transformadas em escravas sexuais. A vida delas é tão dura que muitas morrem, se suicidam ou são mortas depois de cinco anos de escravidão. É uma escravidão mortal que sustenta a indústria criminosa da prostituição e pornografia. Desgraçadamente, os EUA e a Europa Ocidental são os consumidores que sustentam a máfia que escraviza as meninas e moças.


Como é que elas poderiam chamar a polícia, quando autoridades elevadas recebem subornos ou fazem uso da prostituição escrava?

Tenho acompanhado a tragédia da escravidão sexual desde a década de 1980, e confesso que é difícil entender como uma nação como os EUA, que tem tanta tecnologia de "segurança", abrigue uma grande população de meninas e moças escravas, trazidas de muitos países, para uso de prostituição e pornografia.

Contudo, um grupo de cristãos está fazendo campanhas de oração e conscientização em favor dessas vítimas. Este artigo é minha colaboração para a abolição da escravidão de meninas e moças.
Vamos orar contra a indústria da escravidão e para que muitas igrejas façam desse tema motivo de oração.


Eis agora o artigo de Jimmy Stewart, cuja leitura recomendo a todos: "Nefasto: Mercadores de Almas" desmascara a indústria do tráfico sexual.  Enquanto aguardávamos recentemente num salão lotado para assistir a um novo documentário sobre tráfico sexual, fiquei tentando imaginar como o cineasta cristão Benjamin Nolot apresentaria esse assunto vivido para nós.

Nolot dirige um ministério internacional chamado Exodus Cry (Grito do Êxodo), com sede em Grandview, Missouri, e é parte da equipe de liderança da Casa Internacional de Oração, liderada por Mike Bickle. O propósito do Exodus Cry é abolir a escravidão sexual no mundo inteiro por meio de campanhas de oração e conscientização, resgates sem uso de violência e a reabilitação e reintegração social das vítimas.
Eu sabia, pois, que ele estaria buscando alcançar a audiência mais ampla possível com seu documentário revelador, "Nefarious: Merchant of Souls" (Nefasto: Mercadores de Almas). Para fazer isso com esse tema, ele teria que balancear realidade com discrição. Logo vi que ele conseguiu - realizando essa façanha sem comprometer seu propósito: revelar a realidade horrenda dessa indústria criminosa que está espalhada em várias partes do mundo.

Em 2007 Nolot embarcou em missões de levantamento de dados para investigar o submundo da "indústria" sexual. Ele acabou viajando com sua equipe de filmagem para 19 países. O filme que estávamos para ver fazia um registro das viagens deles.

A maioria de nós que estávamos na noite de pré-estreia do filme na Universidade Full Sail em Orlando, Flórida, era cristã. Fomos a convite de Florida Abolitionist, ONG patrocinadora que faz campanhas contra as modernas formas de escravidão. O pastor local, Tomas J. Lares, disse à audiência que ele fundou a organização depois de ficar sabendo que a Flórida é um dos maiores canais de tráfico humano. O estado da Flórida, pelo que consta, é o segundo maior centro de tráfico humano dos Estados Unidos, de acordo com o Ministério da Justiça dos EUA.

Lares apresentou algumas estatísticas preocupantes sobre a escravidão sexual: no mundo inteiro, 2 milhões de crianças são vítimas; 80 por cento de todas as vítimas são mulheres e crianças; a idade média das vítimas que entram na prostituição comercial nos EUA é 13 anos. O filme de Nolot, porém, acrescentou o lado humano dessas estatísticas, contando os casos de vítimas da vida real.

Durante duas horas, fomos levados a momentos abaladores acerca da indústria mundial do sexo: Europa Oriental, Sudeste da Ásia, Europa Ocidental, EUA. Em todas as filmagens e entrevistas feitas nos próprios locais com meninas resgatadas, especialistas de direitos humanos e outros, o documentário Nefarious iluminou a escuridão que encobre esse comércio ilegal.

De modo particular, descobri duas expressões dessa tão chamada indústria que são profundamente preocupantes pela desgraça e opressão que infligem. Essas são a infraestrutura de tráfico humano na

Europa e a cultura de cumplicidade dos pais no Sudeste da Ásia.
Europa: os "pontos de iniciação"

Nefarious inicia com a encenação perturbante de um sequestro em plena luz do dia. Uma moça é agarrada à força na rua de uma cidade de algum lugar da Europa. O local não é citado, mas parece que é na Moldávia, um pequeno país que era satélite da União Soviética, a beira do mar Negro.

A Moldávia está hoje entre os países mais pobres da Europa e é perfeita para empreendimentos ilegais: um lugar de "crime generalizado e atividade econômica criminosa", de acordo com os relatórios da CIA. Os comerciantes de escravos chamam a Moldávia de "motor" da indústria do tráfico sexual da Europa. Conforme o filme, mais de 10 por cento da população da Moldávia foram vitimadas pelo tráfico sexual.
A moça é levada a um prédio de apartamentos de propriedade de uma organização criminosa, onde ela fica confinada com outras meninas que tiveram o mesmo destino dela. Os traficantes chamam essas residências de "pontos de iniciação", e o filme deixa evidente que essas residências são fábricas de desgraça humana. Ali, as moças são tratadas com brutalidade até se transformarem em submissos produtos para a indústria sexual.

Embora o tipo de sequestro que Nefarious retratou realmente ocorra, a maioria das moças vítimas do tráfico sexual da Europa são atraídas e ludibriadas por ofertas de emprego que prometem uma vida melhor. As ofertas incluem trabalho em hotéis, restaurantes ou de babá em cidades prósperas da Europa. Agências de emprego fajutas, estabelecidas pelos traficantes, se encarregam de fazer as ofertas fraudulentas. Os melhores empregos supostamente vão para meninas que irão para o exterior. Mas, em vez de melhoria de vida, elas são raptadas logo que chegam ao outro país e são enviadas para os "pontos de iniciação".

Vlad (não é o nome real dele) trabalhou como traficante de seres humanos durante 11 anos na Europa. Ele falou diante da câmera e dissecou, para Nolot, o inferno dos pontos de iniciação.


Terror, drogas, ameaças de violência e violência real são usados para subjugar a vontade das vítimas e criar submissão total. Os homens brutais que são encarregados de implementar isso consideram que o estado ideal de submissão é quando eles gritam uma única palavra para as meninas ("Vá". "Fique". "Deite-se". "Levante-se". "Sente-se".) e recebem obediência imediata.

Um número muito pequeno de meninas escapa dos pontos de iniciação, disse Vlad, devido à constante monitoração, violência física e por saberem das consequências se tentarem uma fuga. Perguntaram a Vlad o que aconteceria com uma menina que tentasse escapar mais de uma vez.
"Pois bem, quando são pegas, elas são surradas", disse ele. "Se tentam de novo...". A voz dele se perdeu, insinuando o óbvio.

Perguntaram-lhe: Isso não o incomodava?
"Nas primeiras duas ou três vezes que tive de dar lição numa menina, fiquei pensativo", respondeu ele. "Depois disso, não pensei mais. A gente acaba se acostumando".
Perguntaram-lhe: Isso não o incomodava?
"Por que eu pararia de pensar no que acontece com as meninas?" ele respondeu retoricamente. "Parei de pensar por causa de dinheiro - muito dinheiro".
No final, as meninas enfrentam a triste realidade de passar a vida inteira na prostituição. Pior, algumas são enviadas a leilões de escravas onde são vendidas como propriedade para quem fizer a oferta mais alta. Os compradores chegam de todas as partes do mundo. Uma menina europeia que foi resgatada, cuja face estava escondida ao falar diante da câmera, descreveu as modernas escravas secretas da Europa Oriental que são mantidas presas em prédios fortemente guardados por seguranças e câmeras. Os prédios têm a fachada de desfile de modas.
"Éramos obrigadas a descer a passarela e ficar sem nenhuma roupa diante da audiência", disse ela. "Os homens que mostravam interesse em comprar chegavam perto e nos examinavam, como se fossemos gado".

Nefarious contrastou o brutal e secreto comércio sexual da Europa Oriental com o comércio consolidado e praticado publicamente na Holanda, na Europa Ocidental. Na Holanda, os bordéis são um negócio legal regulamentado pelo governo. Amsterdã é famosa como destino internacional para o turismo sexual.
Contudo, a Holanda está também na lista dos principais destinos para onde vão parar as vítimas de tráfico sexual, de acordo com a Agência da ONU de Drogas e Crime. Em anos recentes, negócios de sexo na cidade foram fechados devido a suspeita de atividade criminosa.
Nolot e sua equipe falaram com um fornecedor de prostituição em Amsterdã chamado Slim e lhe perguntaram se seu negócio era financiado pelo crime organizado. Hesitando por um momento, Slim respondeu: "Não, não".

Vlad discordou. "Esses negócios são todos administrados pela máfia", afirmou o ex-traficante, usando o termo máfia para designar o "crime organizado" em geral. "Esses negócios envolvem muito dinheiro".
De acordo como o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA, o tráfico humano é a indústria criminosa que mais cresce no mundo e a segunda maior, perdendo apenas para o comércio ilegal de drogas. Vlad disse para Nolot que o tráfico sexual em particular está crescendo muito rápido.
"Diferente das drogas, que podem ser vendidas apenas uma vez", disse ele, "uma jovem pode ser vendida repetidas vezes".

Perguntaram-lhe: Mas como é que conseguem fazer isso em escala internacional?
"Sem as máfias, não haveria nenhuma tráfico humano. Tudo isso é por causa do dinheiro", ele disse para Nolot. "Mas o que também possibilita o tráfico humano é a corrupção dos governos".
O dinheiro ilícito é tão abundante, explicou ele, que até mesmo autoridades governamentais fazem vista grossa por um preço. Todos os dias ocorrem subornos, afirmou ele, envolvendo autoridades das mais elevadas até as mais inferiores: de líderes nacionais a locais, desde agentes de imigração até funcionários de alfândega, desde agências policiais até policiais nas ruas.

O dinheiro é a chave que abre a porta para a cumplicidade de líderes governamentais, disse ele.
Sudeste da Ásia: cumplicidade dos Pais
No Sudeste da Ásia, principalmente no Camboja e Tailândia, Nolot e sua equipe descobriram outro tipo de cumplicidade que está ajudando a avançar a indústria do sexo.

Nesta esquina do mundo, as opiniões culturais sobre as mulheres, bem como pobreza generalizada, combinaram para criar um sistema que alimenta a prostituição infantil incentivada pela "cumplicidade dos pais". A diferença entre esta esquina do mundo e a Europa Oriental é que os pais que vivem em regiões empobrecidas enviam, de forma consciente e deliberada, suas filhas novas para centros urbanos de prostituição para fazer dinheiro para a família.
Em algumas regiões do Sudeste Asiático, meninas se prostituem antes da idade de 10 anos e são usadas na subindústria da pornografia.

De novo, o crime organizado controla a indústria maior. Embora esse fato não seja evidente na vida cultural das vilas rurais, o filme o mostrou em funcionamento nas modernas áreas turísticas das grandes cidades.
Nos destinos turísticos do Sudeste Asiático, clubes de karaokê são os principais pontos de conexão para o turismo sexual. Nolot capturou as cenas desses clubes no filme: grupos de meninas que pareciam estar no início da adolescência até os 20 anos se misturavam com clientes nas calçadas ou barzinhos em frente dos clubes. Muitas das meninas saíam com homens ocidentais brancos de meia idade - alguns dos quais haviam, sem dúvida alguma, viajado milhares de quilômetros para estar num lugar onde pudessem de forma segura comprar meninas menores de idade para fins sexuais.

Dentro dos clubes, a câmera de Nolot capturou as cenas: quartos com decoração moderna em tom lustroso, cores vivas, grandes TVs de tela plana, música ambiente, iluminação suave e energia sexual. Certo clube onde ele filmou tinha 80 quartos desse tipo. Em cada um deles, as meninas se misturavam, ou ficavam entrando e saindo em busca de conexões. De acordo com uma fonte policial entrevistada por Nolot, o dono havia comprado outros oito clubes exatamente como esse e mais de 2.000 meninas em sua rede. Esse era apenas um dos muitos clubes nas áreas de turistas internacionais.
Ver com os próprios olhos a indústria sexual em funcionamento, por meio de cenas como essas, significava que a produção de Nefarious não era uma tarefa fácil para Nolot: "Ver o problema do tráfico humano a partir desse ângulo era extremamente difícil. Não se passa um dia sem que eu recorde as tragédias horríveis que escavamos".

Seu motivo para o filme, disse ele, não é "fazer vendas", mas ajudar a consertar um erro. "Isso tudo é pessoal e profundamente importante pra mim. Abordo essa questão com um desejo de justiça, não credencial ou fama. Sou apaixonado de ver outros, como eu mesmo, estimulados a passar da ignorância para a ação".
Falando como espectador, imagino que todos nós que estávamos no salão naquela noite tivemos o mesmo pensamento no final do filme quando estavam aparecendo os nomes: Não queríamos nada menos do que ver esse comércio nefasto detido para sempre.
"Nefarious: Merchant of Souls" (Nefasto: Mercadores de Almas) é o primeiro de três filmes de Benjamin Nolot sobre tráfico humano. Os filmes dois e três estão em fase de produção. Para mais informações sobre os filmes, assista o primeiro. Para mais informações sobre Exodus Cry, clique aqui.

Artigo "Nefasto: Mercadores de Almas" desmascara a indústria do tráfico sexual escrito por Jimmy Stewart
Traduzido por Julio Severo: www.juliosevero.com
Fonte: Charisma
*Julio Severo é cristão e atua como ativista pró-vida e pró-família, colaborando para blogs e sites com seus textos. Atualmente, Julio Severo vive com a família no exterior.
http://www.debatesculturais.com.br/trafico-sexual-humano-a-moderna-escravidao-que-nao-foi-abolida/

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

É comum a mulher sentir muita dor na hora da relação sexual?


É comum a mulher sentir muita dor na hora da relação sexual? Acho que pode ser problema com a lubrificação. Mas o que fazer nesses casos? O que pode ser? -

Existem dois tipos de dor. O primeiro é na entrada da vagina, geralmente, acontece por dipareonia - medo da penetração, tentativa de preservar o próprio corpo, tem razões psicológicas. Sem querer, a pessoa fecha a musculatura, é involuntário. Não chega ser o vaginismo- dor tão intensa que não permite a penetração. A dor no começo pode ser também por falta de desejo e de lubrificação. Quando a mulher sente desejo, a vagina se alonga para receber o pênis, quase dobra de tamanho. Sem desejo, ela continua curta e, com isso, irá sentir dor na penetração.  Já a dor no final da vagina, pode ser um problema interno qualquer, como gases ou prisão de ventre, que será diagnosticado em uma visita ao ginecologista. Caso não tenha um problema orgânico, a internauta deve procurar um sexólogo.

*Resposta da ginecologista e sexóloga Denise Galvêas.

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

10 melhores exercícios para a sua vida sexual

Conheça os 10 melhores exercícios para a sua vida sexual

As atividades na cadeira incentivam um bom resultado para as pernas, glúteos e barriga

Alguns exercícios aumentam o humor, o desejo sexual, e melhoram a saúde geral.
Alguns deles tiram seu pensamento de que você está trabalhando duro para queimar algumas calorias. Segundo o site Health, esses exercícios ajudam a sintonizar o corpo de forma sensual e, por isso, faz com que as pessoas se sintam mais interessadas ​​em sexo.

Veja uma lista com 10 exercícios que melhoram a vida sexual:


Pole dance
Pole dance deixou de ser apenas para dançarinas exóticas. Estúdios particulares oferecem aulas e você não precisa ter nenhuma experiência. O exercício pode agir como tratamento e as sessões podem envolver horas de trabalho de força.

Aulas de salsa
As aulas de salsa podem queimar até 200 calorias em meia hora. Você não precisa ser um grande dançarino para começar a ter aulas. Para realmente atiçar, tenha aula com o seu marido ou namorado. Estudos mostram parceiros que tentam algo novo juntos têm grandes benefícios tanto dentro como fora da cama.
Striptease
Você não precisa tirar todas as peças de roupa. Apesar de parecer algo intimidador, isto pode ser sexy e você pode tirar tudo se estiver a vontade. Participar de uma aula com um coreógrafo pode ajudar a aprender alguns passos.
Dança na cadeira
Muitos DVDs ensinam coreografias para serem feitas na cadeira. Além disso, há um benefício para o corpo durante os exercícios. As atividades incentivam um bom resultado para as pernas, glúteos e barriga.
Dança do ventre
Muitas academias de dança oferecem aulas que fazem você queimar até 350 calorias em uma hora. Além disso, para alguém que ainda não está muito confortável com algo mais sensual, esta pode ser uma maneira mais modesta de fazer um exercício sexy.


Yoga nua
Fãs de yoga dizem que tirar a roupa torna a prática relaxante e ainda mais calmante. Além disso, muitas posições da yoga usam os quadris as pernas e fortalecem o músculo pélvico.
Zumba
A palavra zumba significa mover-se rapidamente. Esta dança colombiana se espalhou para as academias do mundo inteiro. É uma mistura de movimentos aeróbicos e hip-hop. Você não tem que ser um profissional para dançar. Novos participantes são encorajados a dançarem no seu próprio ritmo, pegando os movimentos à medida que avançam.
Dança Bollywood
Bollywood, dança de inspiração indiana, também tem um "quê" sexy. Em meia hora de dança dá para queimar cerca de 200 calorias. Muitas das danças contam histórias de romance ou amor perdido.
Acrobacia aérea
Popularizado por acrobatas de circo, este treino é indicado para quem já tem alguma prática. Aprender exercícios entre os tecido pendurado no teto favorecem o alongamento e fortalecimento dos membros. Alguns estúdios estão incorporando diferentes tipos de aulas antigravitacionais.
Bambolê
Este esporte não é só para crianças. Além de divertido, o babolê fortalece a barriga e afina a cintura. Em um treino de 30 minutos é possível queimar até 250 calorias. O exercício faz as pessoas se interessarem em atividades físicas e sensuais.

domingo, 11 de setembro de 2011

Número de casos de violência sexual contra meninos dispara


Número de casos de violência sexual contra meninos dispara

Foto: Divulgação

Todos os meses, pelo menos 4 crianças do sexo masculino são vítimas desse tipo de agressão, conforme
O número de casos de violência sexual contra meninos disparou em Mato Grosso do Sul. Todos os meses, pelo menos 4 crianças do sexo masculino são vítimas desse tipo de agressão, conforme dados do SOS Criança. O órgão registrou no segundo trimestre desse ano 13 agressões, sendo que no mesmo período do ano passado apenas um menino foi violentado sexualmente.

Esse número representa aumento 1.200%. Mas, as autoridades ainda buscam explicação e não sabem dizer o por quê dessa mudança na escolha dos agressores. “Nos anos anteriores só as meninas sofriam violência sexual. Hoje, o alvo são os meninos e muitas vezes abusados por primos e até pelo próprio pai”, salientou a diretora do SOS Criança em Mato Grosso do Sul, Marli Tonete.

Na noite do dia 27 de agosto, um menino de 4 anos foi estuprado por um primo de 12 anos. O ato aconteceu, em Campo Grande, durante um churrasco onde estavam os pais dos dois meninos e o menor de 12 anos teria aproveitado o momento em que os adultos saíram da casa para comprar carvão, deixando-os sozinhos, e estuprou o criança.

Quando os adultos voltaram, perceberam algo de estranho e prontamente a vítima contou ao pai o que havia acontecido. Estava chorando, com sangramento anal e disse que sentia muita dor. O primo foi apreendido e encaminhado para a Unidade Educacional de Internação (Unei) Novo Caminho.


Em depoimento à policia, o menino assumiu que praticou o estupro, mas segundo a delegada que conduziu as investigações, Maria de Lourdes Cano, não soube explicar os motivos. “Perguntamos se ele havia visto algum filme, revista, mas ele disse que não estava copiando nada de ninguém e não sabe por que praticou o ato”, aponta sobre o depoimento do menino.

A diretora do SOS Criança ressalta que muitas vezes o próprio pai ou a mãe praticam a violência sexual ou física contra a criança. “A pessoa que a criança mais confia é o pai ou a mãe e são eles que estão agredindo nossa crianças. Aquele que deveria proteger é o que dá medo”, disse Marli.

Sem religião
Embora ainda não tenham encontrado uma explicação para o mudança no alvo do agressor, Marli acredita que a ausência de Deus nas família seja o principal fator de tanta violência. “Quem tem Deus no coração não perde a paciência e não agride ou violenta uma criança”.

Para a juíza da Vara da Infância e Juventude, Katy Braun do Prado, levando em conta todo o trabalho do SOS seria um retrocesso para o Estado acabar com esse serviço. “ A sociedade vai perder muito porque terá de encarar a impunidade dos violadores do direito das crianças e adolescentes.

A entrevista feita de forma especializada com a vítima é indispensável para que ela se sinta à vontade e segura para relatar os detalhes do crime. No caso específico de abuso sexual geralmente não há testemunha e a palavra da vítima é fundamental para a elucidação do caso.


KARINE CORTEZ

correiodoestado.com.br

sábado, 31 de julho de 2010

Irmão de Ben Affleck enfrenta segunda acusação de assédio sexual

Mais uma mulher está acusando o diretor e ator Casey Affleck de assédio sexual. O cineasta é irmão do ator Ben Affleck e o caso de abuso teria acontecido durante as filmagens do documentário de "I'm Still Here: The Lost Year of Joaquin Phoenix".

No processo, a diretora de fotografia Magdalena Gorka revela que, durante as filmagens, a equipe ficou hospedada da casa do ator Joaquin Phoenix e acusa Affleck de invadir seu quarto durante a noite e tocar seu corpo enquanto ela dormia.

Segundo o site "Hollywood Reporter", Gorka diz que Affleck se recusou a pagar seu salário e a creditá-la no filme depois que ela abandonou o projeto. Ela pede US$ 2,25 milhões de indenização.

Na semana passada, a produtora do filme, Amanda White, abriu outro processo contra o diretor pedindo US$ 2 milhões de indenização. Ela alega que Casey se recusou a pagá-la depois que ela não aceitou um convite para dormir com ele em um quarto de hotel. Affleck nega as acusações.

Divulgação

Casey Affleck é acusado por duas funcionárias de abuso sexual durante filmagens de documentário sobre Joaquin Phoenix

Folha Online

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Adolescente confirma ter sido assediado por padre Andrei

O garoto que denunciou o padre Silvio Andrei Rodrigues, 40, por assédio sexual foi entrevistado ontem à noite com a autorização de seus pais pelo telejornal ParanaTV, da RPC. Ele tem 15 anos.

Ele disse que no domingo (16), na rua central de Ibiporã (norte do Paraná), o padre parou o seu carro ao lado dele e perguntou se sabia onde havia um bordel.

O menino falou ao padre não saber sobre bordel e continuou caminhando. Ele foi abordado de novo, e Andrei afirmou estar “com vontade de fazer sexo oral”. O adolescente disse que fugiu e denunciou o assédio à polícia.
Na madrugada daquele domingo, por volta da 1h, três PMs prenderam o padre, que estava seminu e bêbado do lado de fora do seu carro, um Fiat Idea. Omitindo inicialmente ser padre, ele teria oferecido dinheiro e sexo oral aos PMs para não ser preso. Andrei foi solto na tarde de segunda-feira e agora encontra-se em um retiro espiritual.

Da ala carismática da igreja, Andrei é apresentador da emissora de tv Canção Nova. Pertence à Região Episcopal Sé da Arquidiocese de São Paulo. Ele estava vindo de Londrina, onde celebrou um casamento.

José Adalberto Cunha, advogado do padre, acusou os policiais de truculência. Disse que não havia necessidade de algemar a perna de Andrei à grade da cadeia e criticou a liberação para a imprensa de uma foto onde o sacerdote está de cueca e camisa.

Vereadores de Londrina, como Joel Garcia (PDT), Tito Valle (PMDB), Rodrigo Gouvêa (sem partido) e Roberto Kanashiro (PSDB), também criticaram o suposto abuso de autoridade.

Mas nenhum vereador ou autoridade da Igreja Católica manifestou preocupação com o estado psicológico do adolescente.

Fonte: Blog Palo Lopes (www.e-paulopes.blogspot.com)

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Escândalo sexual. Garota de programa confirma relações com jogadores da seleção francesa


Em entrevista ao jornal 'Le Monde', Zahia revela que se encontrou Ribéry, Govou e Benzema quando era menor


Zahia é conhecida como a 'Barbie' do Bleus




Zahia Dehar, principal vítima do escândalo de prostituição e pedofilia envolvendo jogadores da seleção francesa, afirmou nesta quarta-feira ter mantido relações sexuais com três atletas dos Bleus, quando era menor de idade. Agora com 18 anos, Zahia citou os nomes de Ribéry, Govou e Benzema.

Em entrevista ao jornal "Le Monde", Zahia revelou ter se encontrado com Ribéry em 2009 na cidade de Munique depois de receber um convite especial do jogador.

Em relação a Benzema, Zahia confirmou ter conhecido e se relacionado com o atacante, do Real Madrid , quando tinha somente 16 anos. Por último, Govou, do Lyon , teria se encontrado com a garota no mesmo ano.

O caso segue sob investigação policial na França e pode gerar uma pena de um a três anos de prisão com a chance de afastamento dos jogadores da Copa do Mundo na África do Sul.


Autor: GLOBOESPORTE.COM

sábado, 12 de dezembro de 2009

Zagueiro da seleção brasileira se envolve em escândalo sexual na Turquia

André Santos e mais dois brasileiros são acusados de escândalo sexual


A passagem do lateral esquerdo André Santos, campeão da Série B, Paulista e Copa do Brasil pelo Corinthians, no futebol europeu poderá se encerrar mais rápido do que o imaginado. Embora tenha tido boas atuações pelo Fenerbahce, da Turquia, o ala da seleção brasileira acabou acusado pela imprensa do país de participar de 'maratonas sexuais' em um hotel de Istambul, ao lado dos também brasileiros Vederson e Fabio Bilica, somado ao inglês Colin Kazin-Richards.
De acordo com o jornal alemão Bild, o quarteto deverá ser dispensado pelo técnico alemão Christoph Daum, chocado pelos acontecimentos, ainda em janeiro, quando se abrirá a janela de transferências de inverno no continente europeu. O comandante do Fenerbahce confirmou os rumores sobre os bacanais e mostrou-se decepcionado com a atitude dos atletas.
"Infelizmente, eu, como treinador do Fenerbahce, tenho que confirmar que os rumores são verdadeiros. Estou absolutamente chocado em descobrir que coisas deste tipo estão acontecendo aqui e com os nossos jogadores", afirmou o comandante alemão, atordoado, em declarações ao Bild.
Depois de a imprensa turca lançar os boatos sobre as orgias sexuais de André Santos, Bilica e Vederson, Christoph Daum visitou o hotel para se certificar da veracidade do caso. Após conversar com funcionários do local, o alemão lamentou a confirmação da história. "Nunca esperaria que os jogadores do Fenerbahce estivessem envolvidos em algo assim", completou.

A grande passagem de André Santos pelo Corinthians resultou na transferência para o Fenerbahce no mês de julho, no período de transferências de verão na Europa. Além do reconhecimento com a valorização, o lateral esquerdo conquistou um lugar na seleção brasileira e venceu a Copa das Confederações como titular da posição. A seis meses do Mundial da África do Sul, o antigo jogador alvinegro é o favorito para ocupar a ala no torneio.
Gazeta Press

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Deu cadeia: Homem invadiu fazenda, cobriu corpo com esterco e foi pego se masturbando.


Ele invadiu fazenda, cobriu corpo com esterco e foi pego se masturbando.
Por causa do crime, David Truscott vai passar mais cinco meses na cadeia.
Foto: Reprodução

David Truscott invadiu uma fazenda, cobriu o corpo com esterco e foi flagrado se masturbando. (Foto: Reprodução)

O britânico David Truscott, de 40 anos, foi preso por causa de um fetiche sexual estranho. Ele invadiu uma fazenda, cobriu o corpo com esterco e foi flagrado se masturbando, segundo reportagem do jornal inglês "Daily Telegraph".


Truscott acabou detido apenas algumas semanas depois de sair da cadeia por causa de um crime semelhante. Ele foi preso na madrugada do dia 9 de novembro após a polícia encontrá-lo sentado em cima do adubo orgânico.


Ele foi acusado de violar os termos de uma ordem judicial que o proibia de visitar a fazenda. Truscott vai passar mais cinco meses na cadeia. Segundo a polícia, a família que mora no local está aterrorizada com o comportamento do acusado.


A polícia destacou que esse é um crime extremamente raro, mas está fazendo tudo o que pode para impedir que isso volte a ocorrer. Truscott havia sido condenado a quatro meses de cadeia em outubro após ter admitido o crime.


G1

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Acusado de transmitir estupro pela internet é preso nos Estados Unidos

foto: Reprodução
fiscaliza / fila bancos em Cachoeiro - 05/06/09
Johnathan Richard Hock, 20, é acusado de agressão sexual, sequestro e gravação oculta
Um homem foi preso nesta segunda-feira (1) após supostamente usar uma webcam para transmitir online imagens de si mesmo no momento em que violentava sua namorada, enquanto ela estava inconsciente, informou a polícia do Arizona, nos Estados Unidos.

Johnathan Richard Hock, de 20 anos, enfrenta acusações de agressão sexual, sequestro e gravação oculta, de acordo com documento do tribunal local obtido pela "ABCNews.com".

A vítima, que também tem 20 anos, contou aos policiais que namorava Hock há duas semanas, e que teve conhecimento da agressão depois de receber várias mensagens de seus amigos. A mulher não teve seu nome divulgado pela polícia.

Depois de ser informada sobre o vídeo, que teria sido feito em 26 de fevereiro, a mulher disse às autoridades que entrou em dois sites nos quais o vídeo teria sido postado - "Stickam.com" e "Stickydrama.com" -, e encontrou imagens "de Johnathan Hock deitado ao lado dela, que aparecia nua da cintura para baixo", de acordo com a declaração.

Steven Fruchter, diretor executivo do site de compartilhamento de vídeos "Stickam.com", um dos que transmitiu o estupro ao vivo pela internet, disse nesta quarta-feira (3) que a companhia está cooperando com a polícia.

"Nossa investigação, embora ainda em curso, indica que a equipe que monitora o site baniu a conta da pessoa presa, e que a transmissão foi imediatamente interrompida assim que [a equipe] foi avisada", afirmou Fruchter, acrescentando que foi a primeira vez que um incidente do gênero atingiu o site.

A polícia informou ao jornal "The Arizona Republic" que as investigações levam a crer que Hock possa ter realizado atos semelhantes anteriormente.

Para o jornal britânico "Guardian", embora crimes sexuais já tenham vindo à tona antes pela internet - geralmente como parte de investigações para prender integrantes de grupos de abuso sexual e pedofilia - o maior uso dos serviços de streaming de vídeo vem tornando mais fácil tanto a divulgação desses atos pelos próprios criminosos, como também a prisão deles.

Embora seja comum que jovens gravem vídeos de seus crimes para publicá-los na internet, este caso pode estar levando o problema a um novo patamar, disse Parry Aftab, diretor executivo do WiredSafety.org, ao jornal "East Valley Tribune".

"É a primeira que tenho conhecimento de um estupro transmitido online em tempo real", disse Aftab, que atua há 14 anos no setor de segurança na internet.

Aftab disse ainda que muitos jovens que postam vídeos de si mesmos ou transmitem suas imagens ao vivo na internet são motivados pelo aumento da sua popularidade a fazer coisas que normalmente não fazem. "Trata-se de seus 15 megabytes de fama. Eles são movidos por seu próprio reality show", avaliou Aftab.


05/06/2009 - (G1)




sábado, 28 de março de 2009

Incesto: Homem é preso após engravidar a filha 8 vezes


 
 
Arcebio Álvarez, 59 anos, foi detido graças a uma denúncia da vítima

O colombiano Arcebio Álvarez, detido na sexta-feira (27) por ter estuprado várias vezes uma de suas filhas, com a qual teve oito filhos-netos, foi entregue à Justiça do país, que o processará por vários crimes.

Álvarez, de 59 anos, responderá aos delitos de ato sexual abusivo, acesso carnal violento e incesto contra a filha, que, segundo a imprensa nacional, atualmente tem 35 anos.

O estuprador, já apelidado de "o monstro de Mariquita" - pela localidade em que vive, a cerca de 300 quilômetros de Bogotá -, foi detido graças a uma denúncia da vítima, que tentou proteger os filhos dos mesmos abusos que sofrera.

O caso de incesto já foi comparado com o do austríaco Josef Fritzl, de 73 anos e condenado à prisão perpétua depois de ter mantido a filha presa 24 anos num porão, período no qual abusou sexualmente dela inúmeras vezes.

Segundo fontes judiciais, o colombiano detido começou a abusar da filha quando ficou viúvo, o que aconteceu quando a criança tinha 5 anos.

Depois que o caso veio à tona, o Instituto Colombiano de Bem-Estar Familiar ofereceu proteção especial à vítima e a seus oito filhos, um dos quais teria 19 anos. 

Fonte: gazetaweb.globo.com

sábado, 7 de março de 2009

Afrodisíacos: Veja receitas com alimentos comuns que melhoram a vida sexual

(Fonte:  G1)



Uma boa noite de sexo pode começar com um bom jantar. Ok, "grande novidade", você pode dizer. Mas não estamos falando apenas de um jantar romântico à luz de velas, mas sim dos próprios ingredientes do prato. Consumir regularmente alguns alimentos especiais pode aumentar a vontade, melhorar o desempenho e intensificar o prazer na cama, garantem os nutricionistas.

Na verdade, não existem alimentos comprovadamente "afrodisíacos" - ou seja, alimentos que tenham efeito direto e imediato na potência e no prazer. Mas existem alguns ingredientes que têm efeitos que ajudam as relações sexuais.

"Existem alimentos que aumentam a circulação sanguínea e por consequência alteram o ritmo cardíaco. Outros atuam na produção da serotonina e de neurotransmissores, que estão diretamente relacionados à sensação de bem estar. E existem também os que auxiliam na fisiologia, melhorando a produção dos hormônios sexuais", explica a nutricionista Elizabete de Paola, da consultoria Vital Nutri, de São Paulo.

A colega de Elizabete, Patrícia Soares, dá alguns exemplos. "Melancia, morango e todas as frutas vermelhas são ricas em minerais e vitaminas e estão envolvidas na questão do fluxo sanguíneo e da saúde cardiovascular. Além delas, temos as sementes e os grãos, que são ricos em gorduras e estão também ligados a essa questão cardiovascular", conta Patrícia.

"Micronutrientes como selênio e zinco ajudam nas secreções e lubrificações, e na formação dos hormônios sexuais. Gengibre e pimenta melhoram a temperatura corporal. E o pó de guaraná é um estimulante", explica a nutricionista.

Confira no quadro abaixo os alimentos e ervas que ajudam no sexo:



 

Outros alimentos, no entanto, estimulam a sensualidade de outra maneira: por sua cor e por seu formato. "Alguns que são semelhantes aos órgãos sexuais, como a banana, o morango, o figo, o pêssego e as ostras, induzem ao erotismo", explica Elizabete.



Mas embora um jantar romântico com esses alimentos possa ser excelente para preparar o "clima", esses ingredientes só fazem efeito se fizerem parte da alimentação regular. "Eles devem ser consumidos ao longo da vida. Não é assim ?hoje eu vou encontrar o namorado ou a namorada, então vou fazer um jantar afrodisíaco1'", orienta Patrícia. "Isso tem que fazer parte de um esquema alimentar saudável, que faz parte do dia-a-dia. Por que o sexo faz parte do dia-a-dia", diz ela.

Para completar, o pacote, é bom não deixar de lado a atividade física. "Para uma vida sexual ativa é preciso realizar exercícios físicos diários, que liberam a produção de hormônios relacionados ao bem estar. A atividade física deve ser conciliada a uma alimentação equilibrada", recomenda Elizabete. 

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Candidato preso por raptar e violentar menina de 11 anos

foto: Daniella Zanotti

Daniella Zanotti
O titular da delegacia de São Gabriel da Palha, Fabrício Dutra, comandou a operação
O candidato a vereador do município de Vila Valério, J.R.S, 22 anos, foi preso acusado de seqüestrar e manter relações sexuais com uma menina de 11 anos. O candidato morava com a família da criança, dormia em uma cama de casal com ela e arcava com as despesas da casa. Os pais da menina sabiam da situação e trabalhavam como cabos eleitorais de Jeremias. Na tarde desta segunda-feira(22) a Justiça decretou a prisão preventiva do casal, que foi levado para a delegacia de São Gabriel da Palha. 

Há um mês a menina havia sido retirada de casa após denúncias da comunidade, que estava revoltada com a situação. O candidato passeava de mãos dadas pelas ruas da cidade e demostrava manter um relacionamento íntimo com a criança. O Conselho Tutelar de Vila Valério encaminhou a menina para a Casa Lar de São Gabriel da Palha e na quarta-feira passada Jeremias raptou a menina do local no horário do recreio. Ele teve a ajuda do amigo, L.G.S, e os três fugiram de táxi para Governador Valadares, em Minas Gerais. 

O comparsa do candidato foi preso na casa de parentes em Governador Valadares e confessou que o político e a menina já haviam partido para o município de Itaipé. A polícia seguiu no encalço do fugitivo, que foi encontrado com a criança em Novo Cruzeiro, a 50 km de Itaipé. O titular da delegacia de São Gabriel da Palha, Fabrício Dutra, comandou a operação. "Recebi algumas informações de que ele tinha relações sexuais com a menor e que tinha interesse até de casar-se com ela. Um perfil realmente de pedófilo, que vive esses delírios", disse. 

Os pais da criança também foram presos nesta segunda. O pai da menina negou que soubesse da relação entre os dois e ameaçou Jeremias de morte. A mãe, em depoimento, chegou a dizer que achava natural a menina se apaixonar nessa idade. "Eles foram presos em função de terem colaborado, participado e estimulado o relacionamento amoroso. O Jeremias mesmo confessa que os pais recebiam compras de supermercado, cuidava das despesas do lar e dava presentes, com isso ele foi conquistando toda a família", afirmou a superintendente de Polícia do Interior, Neusa Glória dos Santos.

De acordo com a conselheira do Conselho Tutelar de Vila Valério, Sônia Aparecida Lorencini, as primeiras denúncias sobre o relacionamento amoroso entre o candidato e a criança surgiram há um ano. Na época, segunda ela, não haviam provas suficientes para retirar a menina de casa e o caso foi arquivado. 

Jeremias chegou inclusive a ser advertido pelo Conselho sobre a situação, mas negou que o relacionamento existisse. Em depoimento prestado no DPJ de Vitória, o acusado disse que os pais da menina consentiam o envolvimento e por isso não via problemas no fato. Ele também afirmou que dormia junto com a menina desde o começo do ano quando o pai dela montou uma cama de casal para os dois. As relações sexuais teriam inciado em março. 

A dupla responderá por seqüestro, mas o político também será indiciado por estupro presumido. Ambos podem ficar presos por até 10 anos.

22/09/2008 - 20h10 (Daniella Zanotti - Redação Gazeta Rádios e Internet)

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Satisfação sexual: faça uma análise

Faça uma análise de sua satisfação sexual

da Folha Online

O Quociente Sexual (QS) é uma pesquisa aplicada para medir a qualidade da vida sexual do homem. Para cada pergunta, a resposta deve ser dada com base numa escala de notas: 1 (nunca), 2 (raramente), 3 (algumas vezes), 4 (a maior parte das vezes) e 5 (sempre).

1. Seu interesse por sexo é suficiente para você querer iniciar o ato sexual?

2. Sua capacidade de sedução dá a você confiança de se lançar em atividade de conquista sexual?

3. As preliminares de seu ato sexual são agradáveis e satisfazem você e sua (seu) parceira (o) igualmente?

4. Seu desempenho sexual varia conforme sua (seu) parceira (o) seja ou não capaz de se satisfazer durante o ato sexual com você?

5. Você consegue manter o pênis ereto (duro) o tempo que precisa para completar a atividade sexual com satisfação?

6. Após o estímulo sexual, sua ereção é suficientemente rígida (dura) para garantir uma relação sexual satisfatória?

7. Você é capaz de obter e manter a mesma qualidade de ereção nas várias relações sexuais que realiza em diferentes dias?

8. Você consegue controlar a ejaculação para que seu ato sexual se prolongue o quanto você desejar?

9. Você consegue chegar ao orgasmo nas relações sexuais que realiza?

10. Seu desempenho sexual o estimula a fazer sexo outras vezes, em outras oportunidades?

Os pontos das respostas devem ser somados e, em seguida, multiplicados por dois. A disfunção erétil está relacionada a baixos valores neste quociente.

RESULTADO
Escala de pontuação de seu quociente sexual:

80-100 pontos - excelente
62-80 pontos - bom
42-60 pontos - moderado
22-40 pontos - desfavorável
0-20 pontos - nulo

Questionário desenvolvido pela psiquiatra Carmita Abdo, coordenadora do Projeto Sexualidade (ProSex) do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.